Proposta Pedagógica

POR Portal 01/08/2011

Proposta pedagógica

Premissas da Educação Adventista

Os aspectos básicos que norteiam a educação Adventista são: A missão, a visão, a finalidade e os fundamentos básicos.

 

Missão

Promover, através da Educação Adventista, o desenvolvimento integral do educando, formando cidadãos comprometidos com Deus, a Pátria e a Comunidade.

 

Visão

Ser um sistema educacional reconhecido por sua excelência, fundamentado em princípios bíblico-cristãos.

 

Finalidade

Restaurar o homem a seu estado original de perfeição, preparando crianças e jovens para uma existência significativa nesta terra e para a vida eterna.

Partindo desse pressuposto, de que o ser humano necessita ser restaurado ao seu estado original de perfeição, a educação Adventista se propõe a alcançar os seguintes objetivos:

  • Promover o reconhecimento de Deus como fonte de toda sabedoria, tendo em vista que "todo saber e desenvolvimento real têm sua fonto no conhecimento de Deus"(White,ED,p.14).
  • Oportunizar o reconhecimento e aceitação da Bíblia como referencial de conduta, visto que "o ensino da bíblia deve ter os nossos mais espontâneoas pensamentos, nossos melhores métodos, e o nosso mais fervoroso esforço"(White,ED,p.186).
  • Estimular o estudo, a proteção e a consevação da natureza craida por Deus, pois os Céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra de Suas mãos. (SL 19:1).
  • Oportunizar o fortalecimento e o desenvolvimento da mente em favor do bem comum, tendo como ferramenta diferentes fontes de comunicação, informação e recursos tecnológicos.
  • Promover a aquisição de hábitos saudáveis através do conhecimento do corpo e das leis que o regem, pois, "somos santuário de Deus e habitação do Espírito Santo" (I CR 3:16).
  • Oportunizar o desenvolvimento do senso crítico, da criatividade, da investigação e do pensamento reflexivo, pois "as verdades da divina Palavra podem ser melhor apreciadas pelo cristão intelectual. Cristo pode ser glorificado melhor por aqueles que O servem com inteligência" (White,CPPE,p.361).
  • Incentivar o serviço desinteressado nos deveres práticos da vida diária, na sábia escolha profissional, na formação familiar, no serviço a Deus e à sociedade.
  • Promover a autonomia e a autenticidade fundamentadas nos valores bíblico-cristãos, visto que "ao sacrificar o estudade o raciocínio e o julgamento por si mesmo, torna-se incapaz de discernir entre a verdade e o erro, e cai fácil presa do engano." (White,ED,p.230).
  • Favorecer o desenvolvimento da auto-estima positiva, do sentimento de aceitação e de segurança. Assim "tanto quanto possível, deve cada criança ser ensinada a ter confiança em si mesma... para que possa formar um caráter bem equilibrado e harmonioso (White,FEC,p.57).
  • Estimular o resgate da prática da regra áurea nos relacionamentos interpessoais, que é amar ao próximo como a si mesmo. Para que isso aconteça, "a cooperação deve ser o espírito da sala de aulas.(White,ED,p.285).
 

Fundamentos Básicos

A educação Adventista considera a Bíblia como a fonte da autorrevelação de Deus e aceita como fundamentos básicos da educação cristã os seguintes aspectos:

  • A existência de um Deus criador;
  • A criação do Universo e do mundo perfeitos;
  • A criação do ser humano à imagemde Deus, como livre-arbítrio;
  • O surgimento do pecado a partir da rebelião de Lúcifer;
  • A queda do ser humano em pecado, resultando na perda parcial da imagem de Deus;
  • A incapacidade  do ser humano de restaurar a própria natureza sem o auxílio divino;
  • A iniciativa de Deus para a restauração do ser humano, através do nascimento, vida, morte e ressureição de Jesus Cristo;
  • A ação do Espírito Santo no plano da restauração da imagem de Deus na humanidade caída;
  • A educação como ministério restaurador da imagem de Deus na humanidade;
  • O retorno de Cristo para pôr fim à história terrestre em sua fase de pecado;
  • A restauração do mundo e dos seres humanos à sua condição original.

 

Filosofia

A filosofia da educação Adventista está pautada na Bíblia que por sua vez responde as grandes qustões humanas:

  1. Antropologia - O que é o homem?   Alma vivente; Indi´víduo que compartilha natureza e caráter divinos; Caiu em pecado; Precisa ser restaurado;
  2. Epistemologia - O que é conhecimento? Qual a fonte do conhecimento verdadeiro?  Origem em Deus; Revelação - Jesus Cristo, natureza, Biblía e racionalidade humana; Relações interacionais;
  3. Axiologia - O que é de mais valor? - Ética (Função redentora e restauradora; Formação de caráter; Valores bíblico-cristãos)  Estética(Fazer da vida uma obra de arte; Aulas programadas, projetos, espaços planejados esteticamente).

 

Educação Básica

A educação básica têm por finalidade desenvolver o educando, assegurando-lhe a formação comum indispensável para o exercício da cidadania e fornecer-lhe meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores.

 

Estrutura dos Cursos

  • Educação Infantil, em módulos anuais, destinado a crianças de  três a cinco anos;
  • Ensino Fundamental, em nove anos, destinado a alunos a partir de seis anos;
  • Ensino Médio, em três séries anuais, para concluintes do Ensino Fundamental;

 

A Adesão ao sistema ocorre mediante anuidade paga pelo estudante ou seu responsável, pactuado através do correspondente contrato. Sendo a Entidade Mantenedora considerada filantrópica e de utilidade pública, não tendo finalidade lucrativa e visando, tão somente, a  educação integral das crianças, adolescentes e jovens da comunidade, usufrui doações de membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia e de admiradores de seu trabalho educacional, como também, dos benefícios provenientes de sua imunidade e isenção tributária e fiscal, com dispensa do recolhimento de alguns tributos devidos ao Estado.

 

 

Processo de Aprendizagem

 

A organização curricular está em sintonia com os fins e objetivos da Entidade Mantenedora, das unidades e os objetivos de cada curso e ano, e as diretrizes curriculares instituídas através da legislação vigente e específica.

 

O ensino religioso é considerado como componente curricular integrante da formação global do educando, sendo incluído na Parte Diversificada e de frequência obrigatória para todos os alunos, em todos os cursos e em todos os anos e séries, independente do credo ou convicção religiosa do aluno.

 

As aulas são ministradas em salas próprias, distribuídas por anos, por disciplinas, ambientes especiais ou pela combinação de ambas. É dada ênfase às programações de atividades participativas dos alunos, divididas em: coletivas, individuais e independentes.

 

Trabalhos e Pesquisas

A pesquisa e o trabalho escolar é um grande instrumento na construção do conhecimento do aluno, por isso se faz necessário, sempre que possível, o professor pedir algum tema para ser pesquisado, relacionado com o conteúdo, a fim de contribuir na construção da aprendizagem.

Por meio da pesquisa o aluno tem a possibilidade de descobrir um mundo diferente, coisas novas e curiosidades. Esse instrumento tem a finalidade de formar pessoas curiosas acerca do que se passa no mundo e através dessa busca, o conhecimento será construído pelo próprio educando. Outro objetivo é desenvolver no aluno a capacidade de ler, entender e reelaborar o que foi estudado.

Sabendo que o trabalho e/ou pesquisa é uma boa ferramenta de estudo elaboramos um manual contendo critérios para a construção dos mesmos:

  • Todo trabalho e/ou pesquisa deverá ser escrito, pois dessa forma, o educando estará articulado todas as informações estudadas, ampliando os conhecimentos. Também poderá aprimorar seus valores, não fazendo cópia de fontes pesquisadas (internet – copiar/colar). Exceto se for um pedido do professor para que seja digitado.
  • Valores do trabalho e/ou pesquisa conforme data de entrega dos alunos:
    • Trabalho entregue até a data marcada previamente pelo professor: de 0 a 10.
    • Após a data marcada: de 0 a 6

Dessa forma, estaremos valorizando atitudes de responsabilidade, pontualidade e comprometimento, muitas vezes negligenciados pela sociedade atual. Atenção! Atestados médicos e/ou óbitos serão levados em conta, prorrogando-se essa mesma sequência.

  • Para impressão do trabalho na escola, o aluno poderá proceder:
    • Trazendo o trabalho no pendrive ou enviando para o e-mail: lm197694@hotmail.com (todos esses procedimentos deverão ser realizados na biblioteca da escola)
    • Valores: impressão – R$ 0,50 / Xerox - R$ 0,25 / impressão colorida – R$1,00
  • Os trabalhos e pesquisas escritos poderão ser pedidos, pelos professores, de duas formas: Critério 1 e critério 2.

 

Segue abaixo uma breve descrição dos itens que deve conter um bom trabalho.

Capa

A capa é elemento obrigatório na apresentação de trabalhos acadêmicos. Deve conter: o nome da escola; o seu nome, o título do trabalho; o nome da cidade em que a escola se localiza e o ano em que o trabalho será entregue.

Índice

O índice é uma lista dos itens existentes em seu trabalho que indicará as etapas desenvolvidas nele.  Devem ser dispostos de maneira que os
mesmos apareçam descritos com o nome idêntico àquele que está contido no texto e com o número exato da página. Isso significa que as páginas do seu trabalho devem estar numeradas.

Introdução

A introdução deve conter uma breve definição do tema.

Conteúdo

O conteúdo é o desenvolvimento do trabalho. É aqui que será feita, de maneira ordenada, detalhada e o mais relevante possível, a exibição do assunto estudado. Esta parte poderá ser dividida em subtítulos se for necessário.

Anexo

Anexos são textos, documentos, figuras e/ou fotos complementares ao trabalho não desenvolvido pelo autor (aluno).

Conclusão

Esta etapa deve conter no máximo 02 parágrafos que permitam ao leitor conhecer a opinião final obtida pelo autor (aluno).

Bibliografia

Escrever a fonte de onde foi pesquisado o trabalho.

Expl.: RUIZ,João Álvaro. Metodologia Científica: guia para eficiência nos estudos.
 3 ed. São Paulo: Atlas, 1991. / Expl. Internet: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFPE. 4.ed.1996. Recife. Anais eletrônicos. Recife: UFPE, 1996. em: < http://www.propesq.ufpe.br/ anais / anais. htm >. Acesso em 21 jan. 1997.

Estética/
  letra legível

A estética é um item muito importante, pois um trabalho visualmente bem organizado, assim com uma letra legível, favorece a compreensão do que o autor/aluno quis comunicar.

 

 

 

CRITÉRIOS PARA TRABALHOS E PESQUISAS –ESCRITOS                                                   

                                          Critério 1                                              

Pontualidade

1,0

Estética/ letra legível/Capa/Índice /Introdução / Conteúdo/Anexo /Conclusão / Bibliografia

1,0
 

Conhecimento

8,0

Total

10,0

 

 

 

 

 

 

 

 

                

 

Critério 2

Pontualidade                                                                  

1,0

Estética/ letra legível / Capa / Índice / Introdução/ Conteúdo / Anexo / Conclusão / Bibliografia

1,0

Conhecimento sobre o assunto e apresentação oral do trabalho

8,0

Total

10,0

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CRITÉRIOS PARA TRABALHOS E PESQUISAS - CARTAZES

Margem de 2 cm/ Título em destaque/ Ortografia/letra legível / Estética (ordem e capricho) /Criatividade

1,0

Pontualidade

1,0

Conhecimento sobre o assunto (conteúdo)

8,0

Total

10,0

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A avaliação

 

Avaliação Contínua: É um processo de reflexão e ação contínua, ou seja, envolvem observações, registros, ações intencionais de ajuda, integrando-se ao processo educativo diário nas diferentes atividades de ensino aprendizagem. A palavra avaliação não deve ser confundida com momentos pontuais de teste e provas, mas como um constante auxílio rumo a êxitos maiores, resgate e expansão das aprendizagens em direção aos ideais da educação cristã de restauração do ser humano à imagem do seu criador.

Ao longo do bimentre, serão aplicados diferentes instrumentos de avaliação, de acordo com os critérios estabelecidos pelo professor, como: seminários, relatórios, atenção às aulas e participação, trabalhos e /ou testes individuais ou em grupo, tarefas de classe e/ou casa, cadernos e apontamentos da matéria, atitudes e compromisso para com os estudos.

 

  • Mensuração Avaliativa

             1.1 Cada avaliação, de qualquer disciplina, concretizar-se-à, quanto ao resultado, em escala de 0 a 10.

             1.2 O professor determinará a forma e a quantidade de avaliações.

  • Nota Bimentral: Resultará da soma de todas as avaliações do bimentre em curso, divididas pela quantidade das avaliações dadas.
  •  Nota Anual: Resultará da soma das notas bimentrais, dividida por 4.

 

Critério para Promoção: Nota anual maior ou igual a 6.0

 

Os pedidos de reconsideração e recursos do resultado final poderão ser apresentados pelo aluno ou pelo responsável, quando menor, devidamente protocolado na secretaria da escola:

  • ao Conselho de Classe conforme prazo legal;
  • à Diretoria de Ensino após conhecimento inequívoco da decisão do diretor da Escola, respeitando o prazo legal;
  • ao Conselho Estadual de Educação, de acordo com o prazo legal.

 

As atividade de recuperação são proporcionadas ao longo do período letivo, ao aluno que obteve resultados de aprendizagem abaixo de 6.0 mediante reorientação da aprendizagem, tão logo o diagnóstico tenha sido realizado.

Durante os estudos de recuperação feitos em horário normal de aulas, são desenvolvidos projetos especiais de enriquecimento curricular com os alunos que já dominarem todos os conteúdos essenciais, explicitados nos planos de aulas dos professores.

 

A progressão do aluno ao final do período letivo, é decidida pelo Conselho de classe, com base nos critérios de avaliação, que representam as aprendizagens imprescindíveis para que se considere que o aluno adquiriu as capacidades previstas, de modo a poder continuar aprendendo.

 

A progressão regular ocorre diante da classificação do aluno por promoção, desde que tenha cursado com aproveitamento considerado suficiente em todos os critérios de avaliação propostos em cada componente curricular, indicando os estudos comcluídos com êxito, na fase anterior na própria unidade.

 

A progressão por desempenho global. Quando o aluno não alcançar êxito em todos os critérios de valiação propostos para o respectivo período letivo, o Conselho de Classe poderá decidir pela progressão considerando o desempenho global do aluno.

 

A conclusão de curso ocorre:

  • na Educação Infantil, independente dos resultados alcançados na avaliação do ensino e da aprendizagem.
  • nos Ensinos Fundamental e Médio, quando o aluno obtiver a classificação por  promoção ao final do(a) último(a) ano/série cursado.

 

A frequência exigida para promoção é de, no mínimo, 75% sobre o total de horas letivas do período.

O aluno que faltar mais de 25% sobre o total de aulas estará retido.

O pai/responsável legal pelo aluno com menos de 18 anos será responsabilizado criminalmente pela reprovação por excesso de faltas, pelo Conselho Tutelar.

 

O registro de frequência ocorre no inicio das atividades  do dia.